quarta-feira, abril 1

Se amar um marinheiro terei amado o mundo inteiro


Eu ia esrever qualquer coisa. Mas ela, a mulher que já foi pássaro, fê-lo primeiro e lindamente.
Acabei de o ler. Deixo aqui as suas palavras e estes fragmentos da "minha" Clarice Lispector.

Já que hoje e amanhã, amargamente, também não posso lá estar. Porque se vivesse em Lisboa, metia férias. Certinho, certinho. Tão certo como me chamar Marta!


Nada que existe escapa à transfiguração, não saberei que existi daqui a poucos anos.
Fez-se muitas perguntas mas nunca pode responder: parava para sentir.
A tragédia moderna é a procura vã de adaptação do homem ao estado de coisas que ele criou.
eu me sinto tão dentro do mundo que me parece não estar pensando, mas usando de uma nova modalidade de respirar
não é o grau que separa a inteligência do gênio, mas a qualidade
Medo de não amar, maior que o medo de não ser amado.
Que façam harpas de meus nervos quando eu morrer.
... a vida sempre nos deixa intocados.
conto apenas o que vi, não o que vejo (não sei repetir)
Lalande - lágrimas de anjo. É o mar, que nenhumm olhar ainda viu.
a beleza das palavras, natureza abstrata de Deus
Se amar um marinheiro terei amado o mundo inteiro.
essa tristeza leve é a constatação de viver
Meu filho crescerá de minha força e me esmagará com sua vida
posso parir um filho e nada sei
compreende a vida porque não é suficientemente inteligente para não compreendê-la
- Bom é viver. Mau é...
Mau é não viver...
- Morrer?
- Não, não. Mau é não viver... morrer é diferente do bom e do mal
É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer.
Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto, como o que sinto se transforma lentamente no que digo.


Clarice Lispector daqui

6 Comments:

Woman Once a Bird said...

Maravilhosa. :)

TeKanelas said...

adorei a foto (speech less)... e o texto .

Anónimo said...

E eu perto, e não vou!!!
Até me sinto mal!
:(

Cristina M

Dalaila said...

fantástica Clarice

Su said...

adorei......................



jocas maradas.sempre

Claudia Sousa Dias said...

o que é um jogo deliciosamente perigoso...


:-)

CSD