quinta-feira, setembro 17

Ynari, a menina das cinco tranças

Vi-o ao longe, na Fnac. E pensei: Danuta. Eu só penso Danuta, porque não sei dizer o segundo nome. Não porque a conheça pessoalmente. Conheço-lhe as ilustrações. Para aí desde 2003. E gosto tanto, tudo íssimo.
Depois aproximei-me e vi que o livro é da autoria de Ondjaki. Não imaginava. Bela dupla, pensei. Levei-o para casa e li-o nessa noite. Gostei bastante. Até porque, Ynari que me perdoe «o meu coração também inventa palavras...» e nada como nos identificarmos com o texto para que nos prenda e nos fique cá dentro.

Ondjaki in Ynari A Menina das Cinco Tranças
Ilustração (C) Danuta Wojciechowska

3 Comments:

Leonardo B. said...

Minha Cara Amiga

é bom saber que há muitos mais adultos intrometidos nesse reino, na terra do nunca, que este humilde imaginava!
Pensavam as crianças que tinham um reino só delas, não? Vivam os "agentes infiltrados" que teimam em não crescer!

Um imenso abraço

Leonardo B.

Teresa said...

Pronto, mais um livro a ler brevemente!
Bjs

Claudia Sousa Dias said...

eu pronuncio o nome mas só com o papel à frente...

pareço os imigrantes ucranianos a falar!

são lindas tanto as que ela já fez para o Ondjaki como as do livrinho do Mia "O Gato e o Escuro"

beijos


csd