quarta-feira, setembro 2

Curação por curação...

Há corações assim.

8 Comments:

Leonardo B. said...

Fossem todos os "acordos hortográficos" assim, e este quintal ficava bem mais "arranjadinho"... não seria só para o "liso inglês" ver!

A esta linguagem serei e continuarei "lial", para que der e vier!

Um imenso abraço, Amiga Marta

Leonardo B.

Patti said...

Este é um azulejo, mas no ano passado nas Festas da Senhora da Agonia, ofereceram-me um lencinho dos namorados.Cheiiinho de erros, como se quer.

João Menéres said...

O meu coração também é bem ABERTO...

Um beijo.

Dalaila said...

e esses assim é que são corações!

Leonardo B. said...

Minha Cara Amiga

aqui volto... apenas pela coincidência que me aconteceu, ontem... ver por duas vezes, no mesmo dia a palavra "lial", não é normal, nem coincidência... é outra ciência!
Se for o caso envio-lhe o canção de António Botto, com tão bela expressão!

Um imenso abraço

Leonardo B.

pin gente said...

andei por viana este verão... uma delícia estes poemas!
abraço

adevidacomedia said...

Ai curação, onde é que eu já te vi de raspão? ;-)

Claudia Sousa Dias said...

eheheh...

csd