domingo, setembro 20

20% de Portugal não tem dono

Sob o "Título Terra de ninguém" o Expresso Economia conta que «metade do território nacional não tem cadastro geográfico. O levantamento cadastral vai custar perto de 1000 milhões de euros».
E só de pensar que é pelo poder [também] da terra que se travam as guerras...
bem... no caso, a leitura política feita pelo Secretário de Estado do Ordenamento do Território, João Ferrão é a seguinte:
«Isto é um problema até do ponto de vista da soberania nacional. O Estado não pode ignorar a quem pertence 1/5 do seu território. Mas isto é também um problema de cidadania porque, não havendo cadastro organizado, não se garante devidamente o direito dos proprietários».
E à pergunta «Se todos pagassem devidamente sobre a terra que possuem, todos pagaríamos menos impostos sobre propriedade?», João Ferrão diz que prefere não se pronunciar sobre isto.
mais aqui
imagem: Google

5 Comments:

Jorge Freitas Soares said...

O cerne da questão está aí.. nos impostos, as pessoas não fazem os registos e assim não pagam impostos. O estado deveria obrigar as pessoas a ter os registos actualizados, seria uma maneira de ordenar o território e até de poder responsabilizar quem não trata da sua floresta... mas estamos no país do deixa andar.

Boa semana
Jorge

Anónimo said...

Podem dar-me umas territas que eu gasto os subsídios destinados à agricultura, esses que o Portas denunciou!!!!!
Este país não se percebe. Ou se aceita ou se diz mal, muito mal do que está mal, muito mal feito. E do que está por fazer como é o caso, das territas a Norte, na sua maioria.

Leigo

Anónimo said...

Lembras-te do movimento dos OKUPAS?
Ai se os gajos sabem!!!!!!!!

João Menéres said...

O SEOT nõ sabe que os terrenos de Reserva Agrícola pagam uns centimos de imposto?

Claudia Sousa Dias said...

nãO acredito muito naquela última frase.

aquilo é um poço sem fundo.

csd