domingo, maio 3

Lisboa, a minha mãe e o Sporting

Esta música é para a minha mãe. Ela adora Carlos do Carmo. E suspira, de vez em quando, por Lisboa. Viveu lá. Estudou lá e, foi por lá, que se fez sportinguista! É verdade! Gosto de a ouvir contar histórias. Tanto! Há uma, de Lisboa, de que gosto especialmente por me parecer surreal! A minha mãe foi muitas vezes a Alvalade. Ela e os primos. Levados por um tio - padre - que era Deus no céu e o Sporting na terra! Tanto que - agora sentem-se, por favor, porque é verdade - quando o Sporting perdia, o tio Zé Luís, mandava retirar as cortinas das janelas, substituindo-as por panos pretos! A casa, diz a minha mãe, ficava um mausoléu. Já quando o Sporting ganhava ninguém lhe conseguia estancar a felicidade. Era o céu. A verde e branco! E é por isso que, ainda hoje, a minha mãe segue com devoção discreta e afincada o clube dos leões! Mas, graças a Deus, não muda as cortinas, sempre que o seu clube perde!

11 Comments:

PAS[Ç]SOS said...

Também não são tantas as vezes que isso acontece! Em Lisboa há quem perca mais vezes! E mesmo que em céu azul, só há que reconhecer que a Senhora sua mãe tem... BOM GOSTO! Por gostar das gaivotas... do Carlos do Carmo... de Lisboa... e dos leões! E já dissera ontem que o assunto das cidades já estava discutido, pelo que não será preciso acrescentar mais nada!

© Piedade Araújo Sol said...

memórias que nos fazem sorrir.

gostei de ler.

fica um beijinho

Su said...

um beijo para tua mae

jocas maradas per te:)

mfc said...

estas histórias são uma delícia!
O que eu tenho perdido... mas estou por aqui de novo.
Um beijo

jg said...

Gostei Marta. Gostei mesmo.
Filha dedicada, evoca memórias maternas leoninas com recurso videoclip da "Gaivota" de Carlos do Carmo, sobre fundo azul.
Subtileza...
Sorte tenho eu que sou do FCP desde pequenuno!!!!

jg said...

Saiu-me "pequenuno" por distração.
Mas registo a curiosidade!!

Blimunda said...

Marta, o meu pai também é sportinguista e eu gosto muito de cantar o "só eu sei por que não fico em casa". É ritmada e bem disposta. Sei que o meu pai gosta que a cante porque sorri e eu apesar de não gostar de futebol gosto de ver o meu pai sorrir. Agora, há gajos que às vezes não entendem isto. Outras derretem-se em bajulações. Vá-se lá saber porquê!!!

Marta said...

Passos: eu não digo mais nada sobre cidades :) e sim, a minha mãe é uma senhora de muitoooooo bom gosto! :)

Piedade: bem-vinda e obrigada :)

Su: mil beijos para ti!

mfc: já tinha pensado numa possível fuga :) beijo

JG: a subtiliza era para ser subtil! :) ;) ai este meu coração azul...esverdeado!

Blimunda: que afinidade!!!! eu tb adoro cantar o só eu sei porque fico em casa!!!!! aliás - confissões inconfessaveis - eu sei mais o hino sportinguista do que o portista! Valha-me deus, que é tão triste ser princesa assim!

e o motivo?!! é lindo!

PAS[Ç]SOS said...

Permitam-me esclarecer um pormenor: tanto quanto eu sei o 'só eu sei porque não fico em casa' não é hino do clube. Tornou-se cântico introduzido por uma das claques aquando das últimas vitórias no campeonato. O hino é uma canção cantada pela Maria José Valério e que reza algo assim:
'Rapaziada ouçam bem o que eu lhes digo/e gritem todos comigo: Vivó Sporting/Rapaziada quer se possa ou se não possa/a vitória será nossa, Vivó Sporting'
Não discuto gostos, até porque para mim - que ninguém me está a ouvir ou a ler - prefiro os cânticos, os cânticos da Juve Leo...
Fica o esclarecimento que, espero, não esteja tão desfasado da actualidade.

Marta said...

obrigada Passos :) eu e os meus conhecimentos impressionantes sobre estas matérias!!!! Caladinha, às vezes, fico tão bem!
Espero não ter beliscado a sua sensibilidade leonina. Se o fiz peço desculpa!

PAS[Ç]SOS said...

De forma alguma! Tenho tido o privilégio de, aqui, me deparar com tantas novidades, que não deixa de ser, também, um privilégio poder aqui deixar alguns simples e insignificantes 'acrescentos'. Sem qualquer tipo de beliscadura!!! E como já foi dito 'ai de quem julgue já saber tudo!'