sexta-feira, maio 8

O diabo veste...

... aliás, despe! Estaríamos numa reunião? Não tem a noção de que uma camisa branca faz milagres! E uma árvore de natal de marcas à vista, até doí! E o cabelo demasiado amarelo pode parecer uma esfregona. Mas não uma esfregona qualquer. Claro. Uma Vileda! E que adiantam os tacões do tamanho de um poste. Quando mesmo assim não se vê nada! Nem eloquência! E pergunta se estamos a ver, mil vezes. E nós a ver tudo. Tudinho. Tá ver? Tudo giro. Giríssimo!
Valha-me o Diário Económico. De ontem. Que explicou tudo. Como se eu fosse burra. Sobre o efeito da descida dos juros para 1% na prestação da casa. Há dias que custam mesmo a passar. Principalmente quando não se tem orçamento. E se anda de sabrinas.

2 Comments:

K said...

Lapidar minha cara Marta! Parece-me que tiveste um encontro imediato com desses seres fúteis que desenhaste na perfeição! Um simples enfeite decorativo de mau gosto (e nem os tacões ajudam para se poder ver algo)

Beijos

Gi said...

O diabo veste Prada, o anjo cospe e brada. É mesmo assim.