segunda-feira, março 30

Apetece-me uma estrada


Apetece-me uma estrada. Na Umbria. E Outubro. E um carro alugado, como se fosse um sonho, em primeira mão. Apetece-me uma música italiana, sintonizada ao acaso. Apetece-me um bacci com uma mensagem, escrita só pra mim. Apetece-me o Sensi, com vinho e pizza, no final da tarde. Apetece-me a rua estreita onde te encontrei. Apetece-me acordar, como se tivesse nascido. Apetece-me ir. Não sentir saudade. Uma estrada sem sinais. Apetece-me a paz de Assis.
imagens: de minha autoria

11 Comments:

CA said...

The long and winding road?

K said...

É bom apetecer! Agora, é só partir para qualquer lado, para qualquer paz!

Claudia Sousa Dias said...

em Itália tudo apetece. é a terra dos apetites...a começar pelo amor. e a terminar naquela bela língua que entra pelos ouvidos...


;-)


CSd

Marta said...

Exactamente, CA :)

Se é, K...bora lá ;)

500% contigo, CSD! em Itália, tudo apetece! :) Mas a Umbria é muito especial. Para mim!

Dalaila said...

Quando o apetecer se transforma no ir, não há nada melhor... mas depois da Umbria é difícil a escolha amiga....

beijinhos

Ferreira-Pinto said...

E chegados ao fim da estrada, uma mesa, duas cadeiras, uma sombra, dois copos, uma garrafa de Lambrusco e um riso em uníssono!

Anónimo said...

«Uma estrada colorida, uma história tão vivida, um livro aberto...Foste tu!A saudade a toda à hora...»
como canta o João Portugal! Conheces?

bjo

Cristina M.

Marta said...

Sim, a Umbria é a minha Umbria, Dalaila, linda :)

Pois, ai está uma boa opção para uma boa chegada :) Ferreira-Pinto

Tinita: pois não conheço! mas se tu dizes... soa-me bem :) assim, dito por ti!

acutilante - frank verlag said...

De passagem.... e gostei.

Miguel Vaz said...

La belleza!

Eduardo Trindade said...

Bom demais! Temos cada um os nossos sonhos e nossas lembranças.
Minha estrada inesquecível fica mesmo no interior do Brasil. Minha estrada de sonho... quem saberá?
Abraços!