quinta-feira, agosto 20

Voltar ou não, eis a questão

Sabem aquela música do Rui Veloso - as regras da sensatez? - um hino aos não-regressos; uma música que oblitera aquela máxima do não voltes...; uma espécie de filosofia heraclitiana aplicada aos lugares onde já fomos felizes. Substitui-se o rio pelo lugar, o banho pela felicidade e pronto, vai dar ao mesmo, digo eu!

Mas o certo é que fico sempre naquela de será, não será. Vou não vou. Não sei se vá, não sei se fique [ ou o filme da sala ao lado deve ser melhor do que este... não resisti :) private joke]

Fico sempre a pensar nos lugares onde fui imensamente feliz; fico sempre a pensar algo muito básico. É que me ocorre sempre a mesma coisa. A felicidade devia ser como a idade: nunca menos. Assim, esta questão não faria sentido nenhum! E se calhar não faz. Mas o certo é que a letra do Carlos Tê adverte: "nunca voltes ao lugar/onde já foste feliz/por muito que o coração diga/não faças o que ele diz". Mas eu fiz! Estar em Évora e não regressar a este restaurante soa-me a pecado mortal! Regressei. E a açorda de marisco do "1/4 para as nove" estava igualzinha. Quase vinte anos depois! Divina. Absolutamente divina. E aquela dose recomendada para duas pessoas dava para três. E olhem que eu e a minha irmã somos um bom talher!

1/4 para as nove, recomenda-se vivamente, como se não houvesse outros magníficos restaurantes na cidade!

imagem: há vida em marta

10 Comments:

Anónimo said...

Tou com água na boca!!!!
C

Anónimo said...

E quando regressas?


FCB

Anónimo said...

Sabes, isso de não voltar a um lugar onde já se foi feliz é uma falsa questão. E sem sentido rigorosamente nenhum uma vez que, em meu entender não se deve voltar aos lugares onde não se foi feliz. Isso sim, faz-me sentido.


O mais importante, ISSO SIM, é registar o restaurante para quando voltar a Évora ;) que não conheço, o restaurante.

XPTO

frank verlag said...

Bom apetite!!!E parabéns pela escolha.Pois...

mfc said...

E não é que vou apontar?!
Vou mesmo...

elena said...

olá,
fiquei contenta de que gostases de meu blog ainda que não escrevo muito e não escrevo bem... gosto da poesia.

obrigada,

xD

Eduardo Trindade said...

Hummm... Deste-me também uma inspiração: voltar ou não voltar... a Portugal? a Évora? ao Porto e às belas amizades?
PS: desistiram de conhecer os Açores?

Abraços!

Funes, o memorioso said...

Bah! Aposto que a mousse de chocolate que servem nessa espelunca é caseira.

Anónimo said...

Olá Funes.
Tenho um amigo que tb só gosta de mousse chocolate "Plástica"!!!!
Tb aprecia "pacotes" de comida fora de data...
Deve ser o teu género.
Qualquer dia faço um "lanche" para os dois, e + alguns amigos!!!

jg said...

"E olhem que eu e a minha irmã somos um bom talher!"
Aposto que és o garfo!