quarta-feira, setembro 1

post-it [perfumado] para a Graça


o Verão já vai no fim, eu sei. mas, só agora, descobri esta versão. e, claro, lembrei-me de ti. e, também tu avolumas as saudades que trago cá dentro. que SAUDADES, Graça!
não é que eu use perfume diariamente, tu sabes. não é que não goste, mas esqueço-me. a maior parte das vezes, esqueço-me do perfume nos pulsos, no pescoço, no ar e saio de casa, como hoje, a cheirar a mim.

e Londres, minha querida, conta-me Londres pelos teus olhos, numa carta longa, longa como as minhas saudades. o certo é que ainda não morri delas, ao contrário das minhas expectativas.

hoje, ao ouvir The last shadow puppets, tentei recordar-me de uma outra música que me deste a conhecer. hoje, diversas coisas me levaram até ti. uma música, um perfume. o teu sorriso acomodado nas minhas recordações. coisas serenas.

de resto, por aqui, o tempo está quente e, às vezes, chove. como nos beijos de cinema. tu sabes.

4 Comments:

Almyr Rodrigues said...

ah doce nostalgia... é belo!

Anónimo said...

Marta, Marta
Escreve tu uma carta longa à Graça para não ficarmos com sabor a tão pouco quando te lemos.
Conta mais coisas,linda,contas?
bjo
Cristina.

Anónimo said...

Escreves mesmo bem!!!!
Onde aprendeste? Como consegues?
É triste ser "pobre"!!!!!
Bj
MB

Anónimo said...

esta menina tem um grande dom... mas escreve tão pouco...
SM