segunda-feira, fevereiro 23

Confissões inconfessáveis






Amei, amei, amei 3 vezes amei! Chorei baba e ranho. Está confessado. Gostei tanto, tanto, tudo. E no fim, também gostei, apesar de só estas frases me terem impedido de naufragar nas minhas próprias lágrimas:
«Algumas pessoas nascem para se sentarem à beira do rio. Algumas são atingidas por raios. Algumas têm ouvido para a música. Algumas são artistas. Algumas nadam. Algumas percebem de botões. Algumas conhecem Shakespeare. Algumas... são mães. E algumas... dançam.»
Verei outra vez. O estranho caso de Benjamin Button. Vale a pena. E Cate Blanchett? Linda e magnífica. Eu já lhe dei um Óscar. Mas também já não é a primeira vez que lho dou!

2 Comments:

Claudia Sousa Dias said...

e ela faz "As seis em ponto" no filme?!

bem, se calhar merecia mesmo o ócar..mas contra as acrobacias sexuais de Kate Winslet era dificil...

se bem que quem faz "As seia em ponto não tem quaisquer dificuldades com o Kama Sutra..

Mas primeiro que os americanos cheguem lá...

CSD

Claudia Sousa Dias said...

Nota: As seis em ponto é aquela posição em que a bailarina faz um angulo de 180º com as pernas e na vertical...

CSD