sexta-feira, novembro 19

Encantada!

Tracklist:
01 - I Fall in Love Too Easily (Sammy Cahn, Jule Styne) 5:00
02 - Go Down Moses (Traditional) 5:59
03 - Desolation Sound (Charles Lloyd) 7:03
04 - La Llorona (Traditional) 5:35
05 - Caroline, No (Brian Wilson, Tony Asher) 4:02
06 - Monk's Mood (Thelonious Monk) 5:01
07 - Mirror (Charles Lloyd) 6:42
08 - Ruby, My Dear (Thelonious Monk) 5:25
09 - The Water Is Wide (Traditional) 7:19
10 - Lift Every Voice and Sing (James Weldon Johnson, J. Rosamond Johnson) 4:29
11 - Being and Becoming (Charles Lloyd) 7:02
12 - Tagi (Charles Lloyd) 9:17
[Total time: 72:54]
Personnel:
Charles Lloyd: tenor and alto saxophones, voice;
Jason Moran: piano;
Reuben Rogers: bass;
Eric Harland: drums

10 Comments:

Carlos Azevedo said...

Encantada, e com razão! Destaco, se me permites, as faixas 4, 8 e 9, que amo de paixão!

sem-se-ver said...

sim... tb tenho

(foi vê-lo a guimaraes? ou é hoje?...)

Marta said...

foi ontem à noite, sem-se-ver, e foi absolutamente extraordinário
Charles Lloyd, divino, muito cool, retirava-se para dançar enquanto os seus músicos tocavam, estava feliz e sereno. tocou-me a postura e a música.
a profunda cumplicidade, entre eles, em palco...
a admiração, entre eles, em palco...
mil coisas...
Jason Moran, no piano; abriu com um solo comovente. Reuben Rogers foi fabuloso e Eric Harland, na bateria, um deus. houve um momento em que achei que se lhe tirassem a bateria, ele continuaria a tocar...
foram muitas emoções num só concerto! às vezes tinha receio de respirar, só para não interferir em momentos de supremo êxtase. outros, apetecia.. sei lá...
um vulcão em erupção, umas vezes; outras, a quietude de um lago.
FOI muito, muito, muito bom.

Marta said...

Permito sim, Carlos!
lindas, lindas...

Anónimo said...

Miga, que comentário o teu! Medo de respirar para não interferir no êxtase!!!! Isso dever ter sido mesmo bom.
bjo
Cris

cs said...

maravilha

sem-se-ver said...

bolas, escusa de bater mais no ceguinho, que estive em guimares foi no sabado passado, e nao dá para andar algarve-cidade berço todos os fds :-((

Marta said...

:) :) :)
eu tb estive no sábado - Saxophone Summit - Dave Liebman, Joe Lovano e Ravi Coltrane, gostei muitíssimo ;)
amanhã é a vez da New York Composers Orchestra. último concerto do Guimarães Jazz.

Marta said...

a minha sorte é que o Porto fica a meia hora - 1 CD - da cidade berço :)

sem-se-ver said...

pois, fui ao summit, tb. coincidencia gira :)

(sim, o puarto é uma nação tb porque está perto de nações-satélite como essa aí, pelo menos no que se refere ao festival de jazz. porque, mm com cortes de 30%, são obscenos os ordenados dos srs que andam a capitanear a cultura para 2012.)

(seja como for, ficou combinado um fds com my love em guimaraes. cidade lindaaa a que há muito tempo não voltaramos)