terça-feira, janeiro 19

Assim, no pensamento



As nuvens são sombrias
Mas, nos lados do sul,
Um bocado do céu
É tristemente azul.

Assim, no pensamento,
Sem haver solução,
Há um bocado que lembra
Que existe o coração.

E esse bocado é que é
A verdade que está
A ser beleza eterna
Para além do que há.


Fernando Pessoa

2 Comments:

Voar sem Hasas said...

Marta,

"poemas que sinto"
acredito.... é uma necessidade

sinto que é


o poema é lindo e o que eu sinto, também o é....

obrigada

PAS[Ç]SOS said...

… por vezes, há pedaços do pensamento lembrando que no azul do céu, a verdade do coração, ainda que triste, une os pontos cardeais.