quinta-feira, janeiro 28

aniversário XVII


olá Marta!
pedes-nos palavras essenciais. para isso não tenho jeito.... contudo não posso deixar de te dar os parabéns por este "cantinho" onde tantas vezes vim apenas pelo prazer que isso é. este é o meu presente para ti. espero que gostes. e que a "Vida em Marta" continue longa e feliz e nos possa proporcionar muitos mais 365 dias de risos, sorrisos, nós na garganta, arrepios...

beijinho,

Sonja Valentina

[fotografia e palavras enviadas pela querida Sonja. um dos meus afectos primeiros. aqui. outra paixão. quando pousei e repousei e me agitei no seu olhar. uma antropologia do olhar. do quotidiano do saber ver.]

7 Comments:

Sergio Storino said...

Marta,
Estou postando aqui para não correr o risco de você não ler o meu recado. Não tenho palavras essenciais. O que tenho a dizer é o seguinte: lendo o seu blog aprendi um pouco de poesia, conheci um pouco de Portugal e um pouco de você. Há, por certo, muita vida em Marta! E muita generosidade em compartilhá-la. Parabéns pelo aniversário do blog!
Beijo,
Storino

Carlos Barbosa de Oliveira said...

O trabalho não me deixa tempo para lhe prestar a homenagem que bem merece, por isso limito-me a dar-lhe os meus parabéns por este primeiro ano de vida. Conhecemo-nos há pouco tempo, mas gostei deste blog desde que o conheci. Espero ter mais tempo a partir da próxiam semana para vistas mais assíduas.
Entretanto prestar-lhe-ei a devida homenagem no Rochedo

São said...

A foto está bonita.
Só não enviei porque sou uma ignorante, se quiser retirar algo do meus blogues,,,esteja à vontade.

Um abraço. E mais parabéns, rrss

Claudia Sousa Dias said...

muitos prabéns, minha querida!


um beijinho.


csd

Sofá Amarelo said...

Olá, parabénsssssss!

Enviei uma pequena lembrança (des)embrulhada em asas de liberdade. Se não for a tempo, usufrui à mesma da liberdade e dos sonhos...

Muitos beijinhos! Tudo bom!!!

Jorge Freitas Soares said...

Olá Marta

A minha vida está num daqueles momentos de viragem... o realizar de um sonho, não só meu como de toda a minha família, leio o teu blog no reader pelo que não me escapa um post, tinha pensado participar neste teu desafio, não deu, até porque vou estar un dias longe da internet.

Deixo-te os parabén pelo blog e pelo belissimo trabalho que aqui realizas, porque este é um blog diferente, muito teu...

Um beijinho
Jorge

Anónimo said...

«Sendo este um jornal por excelência, e por excelência dos precisa-se e oferece-se, vou pôr um anúncio em negrito: precisa-se de alguém homem ou mulher que ajude uma pessoa a ficar contente porque esta está tão contente que não pode ficar sozinha com a alegria, e precisa reparti-la. Paga-se extraordinariamente bem: minuto por minuto paga-se com a própria alegria. É urgente pois a alegria dessa pessoa é fugaz como estrelas cadentes, que até parece que só se as viu depois que tombaram; precisa-se urgente antes da noite cair porque a noite é muito perigosa e nenhuma ajuda é possível e fica tarde demais. Essa pessoa que atenda ao anúncio só tem folga depois que passa o horror do domingo que fere. Não faz mal que venha uma pessoa triste porque a alegria que se dá é tão grande que se tem que a repartir antes que se transforme em drama. Implora-se também que venha, implora-se com a humildade da alegria-sem-motivo. Em troca oferece-se também uma casa com todas as luzes acesas como numa festa de bailarinos. Dá-se o direito de dispor da copa e da cozinha, e da sala de estar. P.S. Não se precisa de prática. E se pede desculpa por estar num anúncio a dilacerar os outros. Mas juro que há em meu rosto sério uma alegria até mesmo divina para dar.

Clarice Lispector»

Porque sei que a aprecia, talcomo eu aprecio o seu blog. E desculpe não ter chegado a tempo. Um beijo de PARABÉNS.