segunda-feira, outubro 18

wake up

O melhor sonho, sem dúvida, o melhor sonho. A dormir. Tão real que consigo dizer todas as cores, todas as vírgulas, quantas nuvens. Posso dizer até, com precisão, quanta chuva naquele momento, como se fosse um pluviómetro. E o despertador tocou às oito em ponto.
«A vida não é justa, pois não?»

12 Comments:

Bípede Falante said...

Nem me fala, Marta!
Parece até praga, mas nos meus melhores sonhos alguém sempre me acorda.
beijo

Anónimo said...

ah ah ah ah :)

Tu dantes dizias essa frase tantas vezes!!!! Ainda vês o filme de mês a mês? :) :) :)

E tens razão é tão horrivel acordar no meio de um sonho bom e quase real!

bjos

Carla Farinazzi said...

Marta...

Tristeza interromper o melhor sonho. Já tentei até "ressonhar" mas é impossível.

Beijo

Carla

Zaclis Veiga said...

Ah os despertadores, querida Marta! Se há objeto maquiavélico é o despertador. Seja de musiquinha suave, ruídos intensos, grunhidos esquisitos (já tive um que era o som de um galo e outro que tocava Bach)eles sempre são, calculadamente, insensíveis. Nos dias frios tocam com um certo prazer esperando o gemido insone. Nos feriados fingem estar desligados mas, não se engane, eles tocam vibrantes de um jeito meio surdo (se não como poderíamos acordar cedinho em dia de dormir até que o sono acabe?). Mas o maior prazer de um despertador é o desprazer. Eles adoram tocar nas horas impróprias, no momento exato, no ápice, e o instante divamente delicioso se coloca em fuga, atordoado. E a chuva e os cheiros e os saboraes escoam até a noite seguinte...

Marta said...

ah querida Zaclis, como me compreendes. sempre.
e não me fales em Bach, nem de passagem, que ando tão furiosa com ele.
hoje,com este comentário tão tu as saudades
que já transbordavam são um dilúvio...
é bem provável que morra de saudades, hoje.
bjo imenso

Marta said...

Carla,

vou tentar!!!

bjo

Marta said...

Bípede,

e eu até nem sonho muito...mas o de hoje valia por mil :)

bjo

Marta said...

P.

já não o vejo há algum tempo :)

bjo

C. said...

Talvez seja melhor, mesmo, sonhar acordado :-)))

Beijinho

Marta said...

...mas isso, C. é talvez a minha única qualidade :) :)

beijinho

fallorca said...

Uma certeza eu tenho; os meus sonhos são sempre mudos, o problema é não me lembrar se eram a cores ou não. Depois, esqueço

Marta said...

se fossem a P&B seriam sonhos Charlie Chaplin ;)