quarta-feira, julho 22

Era uma vez...

[Com um bem-haja ao autor]

4 Comments:

Zaclis Veiga said...

que lindo...
:)

São said...

Uma ternurinha...

Abraço.

Teresa said...

Marta, amo esta imagem. Acho que vou acabar por roubá-la (com autorização da autora do blogue).
Bjs

PAS[Ç]SOS said...

... e os dois,
lançados no chão,
rodopiaram infinitamente,
até que a corda que os lançou
se cansou
de tanto esperar
e percebeu
que dela não precisavam
para os unir
pois era a dança
que os fazia rodar
num movimento eterno
sem cansar