quarta-feira, julho 22

Amália e a Lua



É daquelas coisas que não sei precisar se li ou se me contaram. Vem a propósito da chegada do Homem à lua. Há 40 anos. Assinalou-se este mês, como sabemos. Esse "pequeno passo para o Homem..." de que o mundo inteiro falou com espanto, admiração, incredulidade! A propósito do zum, zum da época, das páginas de jornal e das conversas de toda a gente sobre o facto, Amália Rodrigues terá dito algo assim: não sei porque todos falam na chegada do Homem à lua; eu já ando lá há tanto tempo...
Eu gosto da Amália! Por poucos motivos e mais este...
imagens: Lua: Sonja Valentina/ Amália Rodrigues daqui

5 Comments:

Eduardo Trindade said...

Que beleza, não é mesmo? Nada como ter uma sensibilidade assim...
Eu lembro dos Paralamas do Sucesso (conheces?), que cantam assim:

Tendo a lua aquela gravidade onde o homem flutua merecia a visita não de militares, mas de bailarinos e de você e eu...

Ah, eu também fiquei gostando da Amália depois que passei por aí, sabia?
Abraços!

C. said...

Quando li o seu post recordei-me de uma canção brasileira - "Garota Solitária" - muito muito antiga, creio que cantada pela Ângela Maria, que diz a determinada altura: "você tem o destino da lua / que a todos encanta / e não é de ninguém".
:-)
:-)
Se não encontrar o clip e tiver curiosidade, é só dizer, "que eu dou prá você. Vice?"

Jinhos

K said...

Eu já gostava muito da aluada da Amália. Agora ainda mais!

Beijos

Dario said...

Que grande Amalia!!!! Y el fado!!!
Soy Argentino y tanguero.
Hace unos años descubrí el fado y me enamoré perdidamente. Es bellisimo.
Escribi un per de notas en mi blog y me gustaria compartirlas con vos:

http://frutosalvaje.blogspot.com/search/label/fado

besos

Leila Pugnaloni said...

Marta, moro no Sul do Brasil, em Curitiba.Adoro Amália Rodrigues, Francisco José.
E tenho alma portuguesa, pois meus avós maternos eram de Portugal.Seu blog é cheio de poesia e franqueza.Parabéns
Beijos de inverno