terça-feira, julho 7

Coisas que combinam comigo

Ai se os apanho a jeito!

10 Comments:

Patti said...

Hum, memórias de subir às figueiras do meu avô e baixar de lá toda arranhada...

E ficou a minha fruta preferida, juntamente com as amoras negras, também elas dignas de lutas com as silvas, para serem apanhadas.

Tucha said...

Acho que nunca comi um figo natural, apenas os em calda, no Brasil eles não são comuns. Quem sabe um dia posso ir a Portugal saborea-los.

Dr. Mento said...

Chamava-lhes uma data de figos.

Lembro-me de os apanhar das árvores no Algarve. Mas foi há demasiado tempo... demasiado mesmo... suficiente para quase nem me lembrar do sabor.

Anónimo said...

Não gosto de figos, mas gostava de gostar.
É giro comer figos!!!!!

MB

Claudia Sousa Dias said...

por acaso...chamava-lhes um figo!


a minha mãe faz uma compota espectacular com figos inteiros.

mas são precisos quilos e quilos e acaba por não durar muito lá em casa!


csd

Dalaila said...

Amo figos!

Gi said...

Também gosto muito, mas depois fico cheia de dor de barriga.

PS.: Não percebi o teu PS no teu último comentário no 31!

Su said...

às vezes gosto.....ok, eu sei, manias:)))))))))))

jocas maradas menina

TeKanelas said...

Eu também adoro figos frescos.... o restaurante "le chien que fume" de vez em qunado tem uma sobremesa divinal com estes.

Dario said...

Que buena foto!! La sacaste vos, o la seleccionaste?
Que rico y que bello. Me encantan las formas de las frutas, las texturas, los colores, los aromas.
Tenía una novia que trabajaba en un supermercado gigantesco, y cuando la iba a buscar me pasaba un largo tiempo admirando las frutas y verduras. Y hace ya unos años incorporo sus formas a mi pintura.