sábado, maio 14

Torre de Babel em Buenos Aires

4 Comments:

josé luís said...

Trouxe-me logo à lembrança:
«Tenho a suspeita de que a espécie humana - a única - está prestes a extinguir-se e que a Biblioteca perdurará: iluminada, solitária, infinita, perfeitamente imóvel, armada de volumes preciosos, inútil, incorruptível, secreta.»
J.L.Borges (A Biblioteca de Babel)

sem-se-ver said...

extraordinário!

fallorca said...

Borges, o inventor da Net e do Google :)

Bípede Falante said...

Bárbaro. Aqui pertinho. Bem que eu podia pegar um avião e ir ver :)
beijo