sábado, maio 28

O que se pode dizer...




O que se pode dizer pode ser dito claramente; e aquilo de que não se pode falar tem de ficar no silêncio.

Ludwig Wittgenstein

6 Comments:

Angélica Lins said...

Ouvir o que diz quando cala e o que não diz quando fala.

Beijo e bom fim de semana.

cs said...

Jogos de linguagem. :)

fallorca said...

Os mestres :)

Anónimo said...

Wittgenstein procurou esclarecer as condições lógicas que o pensamento e a linguagem devem atender para poder representar o mundo. Suas frases não podem ser pinçadas assim, sem mais, fora do contexto em que foram elaboradas...

Anónimo said...

Caro anónimo: «Wittgenstein abordou muitas questões essenciais sobre a linguagem e sobre o significado, imortalizadas nas máximas:

«Os limites da minha linguagem são os limites do meu mundo.»

«O significado de uma palavra refere-se apenas ao uso que lhe é atribuído em determinado jogo de linguagem.»

«Ao buscar o sentido de uma palavra, não olhem para dentro de vós. Olhem para a utilização dessa palavra no contexto da vossa vida.»

«A filosofia é apenas um produto da incompreensão da linguagem.»

Esta, aqui citada, tem um contexto mas também é inteligível fora dele.
Por isso, não estou a ver qual é o seu problema com esta citação...
Francisco Castelo Branco

cs said...

Claramente não pode ser abordado fora de contexto se olharmos para Witt como um todo, o que n é o caso num blogue.

A linguagem é uma actividade humana situada cultural e historicamente, lembro o caso por exemplo de certa linguagem utilizada por certos adolescentes tão diferenciada que nem os percebemos às vezes.
Como diz Wittgenstein, algo só faz sentido quando estamos elucidados acerca desse algo e pressupõe que já estamos familiarizado com aquele enunciado. Sei o que é uma pedra de xadrZ se já tiver ou jogado xadrez ou visto jogar8exemplo do próprio Witt). Ao mesmo tempo que aprendemos apoderamo-nos do entendimento de todo um contexto e de uma forma de pensar, e nesse sentido nenhum filósofo pode ser citado fora do seu contexto. Por isto, e porque Witt é os seus jogos de linguagem, faz com que a linguagem seja ancorada a uma forma de pensar determinada, contextualizada e por isso a descontextualização pode ser apontada quando fora de uma “praxis” estendível.
Aqui, neste Blogue, ou noutro faz todo o sentido, acho eu não percebo nada disto.