segunda-feira, março 7

Para que os pormenores se tornem concretos...

Para que os pormenores se tornem concretos e ganhem sentido, a linguagem usada deve ser o mais exacta e rigorosa possível.
As palavras podem, mesmo, ser tão precisas que pareçam insípidas; porém, se forem bem utilizadas, farão soar todas as notas, em todos registos.
Raymond Carver in De que falamos quando falamos de amor, Editorial Teorema

[citação desviada daqui, por onde gosto tanto de passear...helena]

1 Comment:

Bípede Falante said...

Adoro o Carver!