quinta-feira, dezembro 16

Impulso de ternura

Quando ela nasceu eu tinha oito anos. Mudei-lhe a fralda, dei-lhe papa, contei-lhe histórias...enterneci-me, inúmeras vezes, a olhar para ela e enterneço-me ainda hoje. Por isso, não resisto a este impulso... de vos mostrar...a minha mana :)

7 Comments:

João Menéres said...

A CARLA ?
Bonita mana tens tu !

Um beijo.

Claudia Sousa Dias said...

Linda!

Muitos Parabéns!.


csd

C. said...

Parabéns, Marta! E já agora, parabéns à Carla pelo sucesso profissional. Gostei muito da entrevista que li.

Beijinho

Anónimo said...

Mana babada, Tia babada, Amiga babada...
bjo
Cris

Marta said...

Obrigada a todos! Não resisti mesmo ao impulso...tinha acabado de ler e...enfim :) coisas minhas, muito minhas :)

Anónimo said...

Muito bem!!!!!
Gostei de ver!!!
Bj
MB

Patricia Augusta Corrêa said...

é assim que é esse amor, nos enche de carinho e orgulho... que bom que deixou o impulso rolar! ela adorou, por certo! um grande beijo às duas.