quinta-feira, outubro 13

olhar incipiente VII


O que a fotografia reproduz ao infinito só ocorreu uma vez: ela repete mecanicamente o que nunca mais poderá repetir-se existencialmente.‎


Ce que la Photographie reproduit à l'infini n'a eu lieu qu'une fois : elle répète mécaniquement ce qui ne pourra jamais plus se répéter existentiellement.

Roland Barthes in La chambre claire‎, pag. 15, Éditions de l'Étoile, 1980

imagem: marta v.

2 Comments:

Zaclis Veiga said...

você está não me surpreende, mas é uma linda surpresa! :)
Barthes e ótimas fotos. Queria ter sido eu a te encaminhado pelas lentes, só para sentir orgulho da pupila. beijos

Marta said...

...estas são só as minhas primeiras fotografias tiradas manualmente e consciente de que há "isos" e "éfes" dentro da câmara!!!

TENHO IMENSOOOOOOOOOOOOOOOO para aprender e, quando voltares, conto com os teus ensinamentos querida MESTRE :)
beijos e saudades

[ps. não recebi o mail de que falamos no FB :((((]