quinta-feira, agosto 26

Every Time We Say Goodbye - 1961

3 Comments:

Bípede Falante said...

super lindo

K said...

...é sempre difícil...


Beijo

Anónimo said...

bom demais coltrane. nestas baladas que ele gravou para os duros de ouvido a sensibilidade e o sentido rítmico de coltrane são evidentes. no clássico de porter ele excede-se... curiosa a postura observadora de eric dolphy. seria uma dos maiores seguidores do "mestre"... filipe