sexta-feira, maio 14

Aumento de impostos...

... sem corte na despesa.

Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um país para governar
E não o fazer!
[...] não sabia nada de finanças
nem consta que saiba como sair desta.

...continua-se à espera de D. Sebastião, quer venha ou não.
[com um pedido de desculpa a Fernando Pessoa]

8 Comments:

Claudia Sousa Dias said...

e falta de ar na carteira...magrinha, magrinha...



csd

dinis mota said...

Fernando Pessoa não se vai importar tenho a certeza disso.

Um abraço

Vera said...

Ai Marta...ia agora postar sobre a crise...
Levo-te a imagem emprestada!
Deixo-te um beijo.

João Menéres said...

D.Sebastião não pode ser, pois esta Constituição democrática não deixa!
Tem que ser outro...

Um beijo.

Zaclis Veiga said...

:)

Carlos Pires said...

“Concordo e cedo sempre que me falam com argumentos. Tenho prazer em ser vencido quando quem me vence é a Razão, seja quem for o seu procurador.”

Fernando Pessoa

helena said...

:))

Por que você faz poema? said...

E assim segue a nau que é esse país.