quarta-feira, fevereiro 8

"Temos cá dentro as idades todas"


«As circunstâncias podem mudar uma pessoa? Talvez residualmente. Mas, na verdade, somos aquilo que somos. Depois há a vida, para que possamos descobrir o que é isso, afinal.


Vou contar-lhe uma história. Quando tinha para aí uns 10 anos fui avaliar-me à frente de um espelho. Franzi o sobrolho, os olhos, a cara, e logo nesse momento pude contar onze rugazinhas. Ainda hoje tenho essas mesmas rugas no mesmo sítio. Já me sentia velha quando era mais nova. E agora que sou mais velha, sinto-me ainda uma menina. Todos nós somos assim.  Somos os velhos em que nos íamos transformar quando ainda éramos novos.»

Meryl Streep [numa entrevista ao Expresso]
 
Desviadíssimo daqui

6 Comments:

Luis Eme said...

olá Marta!

(temos sim...)

deep said...

É exactamente assim... Felizmente, há quem encontre as palavras certas para exprimir os sentimentos que também são nossos. Gostei e... também desviei. :)

Bom resto de semana, Marta.

TERESA SANTOS said...

Será Marta, será que temos?!

Abraço.

Marta said...

olá, Luís!

Marta said...

:) bom resto de semana, deep!

Marta said...

Eu creio que sim, Teresa, que temos :)

abraço