quinta-feira, julho 1

Um bom poema


um bom poema
leva anos
cinco jogando bola,
mais cinco estudando sânscrito,
seis carregando pedra,
nove namorando a vizinha,
sete levando porrada,
quatro andando sozinho,
três mudando de cidade,
dez trocando de assunto,
uma eternidade, eu e você,
caminhando junto.

Paulo Leminski

8 Comments:

PAS[Ç]SOS said...

Um sorriso imediato e um assentir entre o reconhecer-me e o desejar!

Funes, o memorioso said...

Bem, se for verdade, o tal Leminski não fez nada do que recomendou, porque o poema que escreveu é dos piores que tenho visto.

K said...

E talvez nunca se consiga!

Beijos

heretico said...

pois... não há poema (de amor) sem musa inspiradora.

beijos

Gabrielle :} said...

Cara, gostei horrores.
Adorei muito o blog, arrase!
Beijos

FAQ(er) said...

Um bom poema lê-se com vontade. E é isso.

Anónimo said...

This will astonish you!
It`s in the interest of as all!

ZEITGEIST: ADDENDUM

Money as debt


Technological breakthrough


HydrogenCar

Magnetic energy

Electrolyzed water

Soladey eco

Bio washball

Solar Air Conditioning

AMAZING!!

OZONATED WATER: CURE ANYTHING!

http://www.stoptherobbery.com/

Cancer is a fungus

ultraviolet light

Projecto Alexandra Solnado

Conversations with God website

Conversations with God

Project Camelot

Monatomic Gold

Dangerous to your health!

EXITOTOXINS

Monosodium glutamate (MSG)
Aluninum
Aspartame
Mercury


IMPORTANT TO WATCH

Flouride in water
Flouride Alert

Osmosis
Housetron

Carlos Pires said...

AS TRÊS PALAVRAS MAIS ESTRANHAS

Quando pronuncio a palavra Futuro,
a primeira sílaba já pertence ao passado.

Quando pronuncio a palavra Silêncio,
destruo-o.

Quando pronuncio a palavra Nada,
crio algo que não cabe em nenhum não-ser.


Wistawa Szymborska