quinta-feira, fevereiro 24

É esta luta de pessoas dentro da própria pessoa

«É esta luta de pessoas dentro da própria pessoa, somos dois em cada um de nós, este drama nunca se esclarece, é terrível, luta sempre no auge quando o amor bate à porta, quando se é dominada pelo campo imenso da febre amorosa, momentos dissecados, dobrados, gémeos, de exame filatélico.(…)»

Ruben A., in Silêncio para 4, assírio & alvim, 1990

Desviado daqui

4 Comments:

fallorca said...

Ui, ui, ui...

Marta said...

ui, ui, ui... não! então não é fiu, fiu ;)

...foi pel "o Cheiro dos livros" que, em boa hora, lá fui ter!

obrigada :)))

fallorca said...

Ui, ui... fiufiu ;)

Bípede Falante said...

Adorei. Vou procurar para ler.