sexta-feira, abril 22

A estrada branca


Atravessei contigo a minuciosa tarde


deste-me a tua mão, a vida parecia

difícil de estabelecer

...acima do muro alto

folhas tremiam

ao invisível peso mais forte

Podia morrer por uma só dessas coisas

que trazemos sem que possam ser ditas:

astros cruzam-se numa velocidade que apavora

inamovíveis glaciares por fim se deslocam

e na única forma que tem de acompanhar-te

o meu coração bate


José Tolentino Mendonça,  in A Estrada Branca, Assírio & Alvim

imagem: Joel Meyerowitz

7 Comments:

Angélica Lins said...

"Podia morrer por uma só dessas coisas
que trazemos sem que possam ser ditas"


Ameeeei isso!

Beijos meus...

Whesley Fagliari said...

Quanta vida há em Marta! Sempre me encanta e me meociona vir aqui e rever tudo isso... Maravilhoso!

Feliz Páscoa!

Tem presente para vc lá no Sofia! Busque se quiseres, é seu tb!

Bjs! Saudades!

Luz e Paz!

Claudia Sousa Dias said...

paz sinto eu ao ler estes poemas.

josé luís said...

sinto um enorme fascínio por homens tão próximos de deus quanto da palavra. nesse campo antónio vieira será sempre o príncipe absoluto, mas o sacerdote tolentino, por vezes... ;)

e depois lembro-me sempre do aforismo de wilde (tenho andado às voltas com este senhor): "every saint has a past - and every sinner has a future"...

(que tenha sido uma) páscoa feliz.

Anónimo said...

Marta, querida
o que é feito de ti?
bjo
Cris

Pri said...

MARTAAAAAAA MARTAAAAAAAA
sempre que entro aqui ganho um presente...
hoje quando vi o titulo desse seu ultimo post... fiquei com vontade de dividir o que ele me fez lembrar.
Tom Jobim!!!
http://letras.terra.com.br/tom-jobim/49038/

espero que goste.
adieu

said...

Caro Amigo/Amig@,

Livros existem para aventurarem-se de mão em mão, enchendo olhos e mentes, traspassando mundos vários, continentes distantes, até mesmo galáxias perdidas deste infinito Universo, sem respeitar nem mesmo as fronteiras do senhor Tempo.

É com base neste espírito que Lisboa acaba de ganhar um novo Alfarrábio on-line. É o http://www.livrilusao.com, que vende livros usados e novos.No entanto, não queremos ser apenas um alfarrábio a mais. Para além

de comprarmos, vendermos e trocarmos livros, buscamos também interagir com todos que queiram trocar ideias connosco sobre livros, artes em geral e tudo o mais relacionado com Cultura.
Convidamos-te a visitar a nossa página e, se achar interessante, ajudar

a divulgá-la, repassando esta mensagem para a sua lista de emails.
Vamos dar continuidade à aventura dos livros!
Obrigada,

Giulia,
Livrilusão