domingo, março 25

Nocturno Indiano


"As personagens de Nocturno Indiano fascinam e suscitam a curiosidade no leitor por serem “estranhos de passagem”. Isto é, são enigmáticas, intrigantes por anteciparem no leitor indiscreto o prazer da descoberta , pela adrenalina que faz intuir o perigo, pelo contacto com o desconhecido, que implica sempre alguma dose de risco. Desde o momento em que entramos num táxi e mergulhamos no trânsito ca...ótico de Bombaim, ao franquear a porta do antro da pensão-bordel na mesma cidade, passando pelo estranho encanto da dupla que envolve uma belíssima criança, de olhos delineados a Khôl, acompanhada por um sibilino anão, que dita uma estranha profecia ao protagonista, o leitor é constantemente confrontado com situações que o deixam e suspenso. O mesmo adivinho é quem fornece ao narrador e ao leitor, de forma críptica, a chave do enigma, que só se consegue desvendar já depois de concluído o percurso, no epílogo, e de forma totalmente surpreendente."


Claudia de Sousa Dias in Há Sempre um Livro

3 Comments:

Claudia Sousa Dias said...

oh, não...não...NÃO! Deus, que péssima notícia!

Claudia Sousa Dias said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karine Tavares said...

Teu blog é ótimo, parabéns!

Vem conhecer o meu:
leiakarine.blogspot.com