terça-feira, junho 1

A bruxa castanha

Numa casa muito estranha
Toda feita de chocolate
Vivia uma bruxa castanha
Que adorava o disparate
Punha os copos no fogão
As panelas na banheira
Os sapatos nas gavetas
As meias na frigideira
Escrevia com fios de água
Dormia sempre de pé
Cozinhava numa cama
E comia no bidé
Varria a casa com garfos
Limpava o pó com farinha
Deitava 100 gatos na sala
E dormia na cozinha.
António Mota


[para os meus sobrinhos lindos :)]

3 Comments:

Anónimo said...

Adorei esta bruxa disparatada.

Helena

Claudia Sousa Dias said...

que delícia de post!

um mundo de pernas para o ar...


beijinhos



csd

Zaclis Veiga said...

punha os copos no fogão!?
tsc... tsc...
garanto que todos sujos!
:)