segunda-feira, agosto 27

Estreia 1 de Setembro, em Lisboa




“A infância atravessada é como uma espinha, a gente engole bolas de pão e não passa…”

António Lobo Antunes


SINOPSE

monólogo

"António, consciente da proximidade do fim do seu tempo, reflete sobre o que restou: a derradeira solidão recheada de memórias de uma vida passada.

Como quem visita um álbum fotográfico repleto de cores, texturas e aromas de outros tempos, partilha com o espetador essas memórias com que dá corpo à sua história e o que ficou do seu pequeno mundo… memórias que são também as de um Portugal recente, comum a todos nós!

Uma viagem no tempo que nos resta através do tempo que já vivemos…"

Fonte: Teatro Rápido

0 Comments: