sábado, junho 16

porque sim

2 Comments:

josé luís said...

saudades de mr. surman... ouvi-o pela última vez no jazz-em-agosto da gulbenkian. continua brilhante.

Marta said...

:) um homem de sorte, JL!
ao vivo, eu, nunca :(