domingo, julho 10

Escrevo o que ainda não conheço


Escrevo o que ainda não conheço

nomes de ruas pássaros árvores

monólogos de quem ainda te fala alto

é a minha voz ou a tua?



lá fora a chuva confunde-se com gestos

falamos do tempo, ponte entre o silêncio e o nada



ouve, quando não fores capaz de falar, toca-me


Sousa, Maria, in “RESUMO, a poesia em 2010″, Lisboa: Assírio & Alvim, 2011, p.12




2 Comments:

josé luís said...

gosto muito

josé luís said...

e um dia destes é desviado
;)