terça-feira, julho 12

Ele é Voltaire. Ela é Gabrielle Émilie...


"Estava-se na véspera de Ano Novo, em Paris, na noite em que ela mudou a miserável vida dele.”


Ele é Voltaire. Ela é Gabrielle Émilie, Marquesa de Châtelet. Ambos se refugiam numa relação de amor e conhecimento.

Foi sobre esta união histórica que Arthur Giron escreveu e ‘a bruxa TEATRO’ (‘abT’) se propôs a encenar. A estreia está marcada para 14 de Julho, nos antigos celeiros da Epac, à Rua do Eborim, em Évora.

Com Figueira Cid no papel de Voltaire (que assina também a encenação) e Mirró Pereira no papel de Émilie, o novo espectáculo d ‘a bruxa TEATRO’ conta ainda com Marta Inocentes na assistência de encenação, Pedro Fazenda na cenografia e figurinos, João Bacelar na sonoplastia e Henrique Martins no desenho de luz.

Évora, onde o céu é, garantidamente, mais claro, se descobre porque razão ‘Émilie e Voltaire’ prometem uma “chuva de meteoros“! »


[...eu ia já, já! mesmo antes da estreia. almoçava no "1/4 para as 9"; jantava na " tasquinha"; passeava junto ao Templo... e, depois, TEATRO... não é preciso nenhum pretexto para ir a Évora. mas este é um excelente motivo...]

1 Comment:

Anónimo said...

Escolhe qualquer data menos 30 de Julho, porque a 30 de Julho quereríamos ir todos ao teatro CONTIGO :)

bjo e SAUDADES